Pesquisa Presidente 2022: Quem recebe auxílio emergencial vota em Lula ou Bolsonaro?

1_1658748529827969-21415601

Nesta quinta-feira (4) a pesquisa PoderData divulgou o levantamento sobre as eleições presidenciais de 2022. Uma das análises feitas pelo PoderData foi as intenções de voto para presidente dentro do eleitorado que recebe o Auxílio Brasil

Segundo os dados do levantamento, mesmo que Jair Bolsonaro (PL) seja o autor do programa de transferência de renda, não é o presidente que leva vantagem com os beneficiários do Auxílio Brasil. Luiz Inácio Lula da Silva (PT) leva a vantagem dentro da categoria com 58% das intenções de voto. Bolsonaro possui apenas 25%. 

Comparado com a pesquisa PoderData anterior, percebe-se um aumento de 4% nos votos para Lula e uma queda de 7% de Jair Bolsonaro dentro das pessoas que recebem o Auxílio Brasil. A distância entre os dois principais candidatos é de 33 pontos percentuais, o que garante uma vitória com folga para o ex-presidente nessa categoria. 

Esta é a última análise realizada pela pesquisa eleitoral do PoderData antes do Auxílio Brasil aumentar para R$600. Mesmo assim, a alteração feita pelo Governo Bolsonaro já é de conhecimento da maioria da população, o que demonstra que Jair Bolsonaro ainda terá que percorrer uma longa trajetória se quiser ganhar mais esse público. 

A margem de erro dessa análise em específico é de 3,4 pontos percentuais.

Sobre a pesquisa eleitoral PoderData

A pesquisa PoderData entrevistou por telefone 3500 eleitores em 322 municípios das 27 Federações do País entre os dias 31 de julho e 2 de agosto de 2022. A margem de erro é de 2 pontos percentuais e o levantamento índice de confiança de 95%. Seu registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é BR-08398/2022.

Por Cynara Maira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>