Anchieta Patriota consegue apoio governo de PE para festa de Zé Dantas em Carnaíba

IMG-20181015-WA0071Na manhã desta 2ª feira (15) o Prefeito de Carnaíba, Anchieta Patriota (PSB) esteve reunido com André Campos (Casa Civil) do governo de Pernambuco e Marcelo Canuto buscando apoios para realização da 25ª edição da festa de Zé Dantas, programada para o início do mês de novembro.

“Estivemos em Recife conversando com André Campos e Marcelo Canuto sobre o apoio do governo do estado para que possamos realizar uma grande festa em homenagem ao compositor carnaibano, Zé Dantas e tivemos a garantia do patrocínio do governo de Pernambuco”, disse Anchieta Patriota.

Além dos shows musicais com artistas locais e nacionais, a festa de Zé Dantas promove oficinais de música na escola Maestro Israel Gomes com nomes consagrados no cenário nacional. A realização é da Diretoria de Cultura do Governo Carnaíba de Todos Nós.

Afogareta resgata atrações de sucesso na 21ª edição: Psirico, Chicabana e Yohannes

AAA

O coordenador do Afogareta 2019, Ney Quidute, anunciou nesta quinta-feira (11), em rede para as rádios locais as atrações do carnaval fora de época de Afogados da Ingazeira, que acontecerá entre os dias 11 e 13 de janeiro do próximo ano.

O evento de 2019 será marcado pela 21ª edição da festa que anima os foliões na Avenida Rio Branco. Por mais um ano, o blog é parceiro oficial do evento. “O evento é importante para o aquecimento da economia do município, geração de emprego e renda. Para mim, Matheus, Amanda, Ana Tereza e Thiago esse trabalho já começou assim que terminou a primeira edição. Desde março de 2018, as atrações foram fechadas”.

Dia 11, sexta, a atração será Chicabana, de volta ao evento. Chicabana é uma banda de axé que surgiu na Bahia e já conquistou. Formada em 2007, no meio do sertão baiano. “Nas micaretas que participamos, as pessoas cantam e dançam com nossas músicas. É maravilhosa a sensação de causar alegria na galera com nossa energia”, conta Kiko, cantor da Chicabana.

No sábado, dia 12, um retorno. Ano passado, já havia sido anunciada a repetição de Psirico, a principal atração do ano 20, pela repercussão do evento e o “quero mais” do foliões. O grupo é liderado por Márcio Victor, percussionista famoso por trabalhos anteriores com grandes artistas da música brasileira, como Caetano Veloso, Marisa Monte, João Bosco, Carlinhos Brown, Gilberto Gil, Ivete Sangalo e Daniela Mercury. Sua marca registrada era o uso de um megafone durante suas apresentações, e o típico ruído de uma sirene que o instrumento produz.

“Antes de tocar a gente tem uma conversa. Porque tem um evento que envolve várias faixas etárias. Tenho que ter essa responsabilidade passar para o artista como é o  evento. Essa atração em outros shows tem algumas músicas que não seriam coniventes. Ele entendeu, fez um dos maiores shows do Afogareta e saiu daqui aplaudido”.

O grupo foi fundado no início da década de 2000, mas só obteve projeção no carnaval de 2004, com a música “Sambadinha”. Ao longo de sua trajetória tornou-se um dos principais grupos de pagode do Brasil. É uma das principais atrações do carnaval de Salvador. É liderado por Márcio Victor, percussionista famoso por trabalhos anteriores com grandes artistas da música brasileira. Dia 14, domingo, a atração que fecha o Afogareta será Avinny Vinny.

No domingo, dia 13, a atração foi definida no estilo Forró Elétrico. Comanda a programação Yohannes. O artista já havia se apresentado na edição de 2015 do evento.

Segundo Ney Quidute, o formato do evento em relação ao ano anterior deverá ser mantido com a concentração final no sistema viário. Ele também afirmou que manterá o esquema com várias câmeras de monitoramento, com apoio da polícia.

Do blog de Nill

Bolsonaro diz que deverá participar de dois debates

e93c2ca0e96c3dfc31dd36206f62cb7b

Utilizando as redes sociais, o candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, rebateu as críticas sobre sua ausência e suposta fuga dos debates com o candidato do PT, Fernando Haddad. Segundo ele, após um novo exame a que será submetido no dia 18, deverá ser liberado pelos médicos para os debates e demais atividades de campanha.

“[Para] quem acha que estou fugindo de debates, estou cuidando da minha saúde. Não adianta eu debater, ter uma recaída e voltar para o hospital”, disse o candidato, que informou estar disposto a participar de pelo menos dois debates.

A resposta foi dada durante uma entrevista ao vivo ao empresário Luciano Hang, em vídeo divulgado pelo Facebook, ao comentar a acusação de que estaria fugindo de debates. A entrevista foi na quarta (10). Mais uma vez, o candidato reiterou sua determinação de reduzir para 15 o número de ministérios.

Também no Facebook, Bolsonaro, em sua página, postou cinco colagens, reunindo títulos e links de reportagens antigas, de 2006 e 2009, informando que os então candidatos do PT Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff não participaram de debates. A reação é uma resposta a Haddad que tem cobrado dele a participação nos eventos.

Haddad sobre Bolsonaro: Por que entrevista pode e debate não?

cc53159d347ea511be4d787eba1f2d8d

Candidato à Presidência pelo PT, Fernando Haddad apelou mais uma vez para que o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) participe de debates frente a frente no segundo turno da disputa “Por que entrevista pode e debate não?”, questionou o petista. “Da onde saiu essa prescrição médica? Gostaria de entender melhor.”

O petista acusou ainda o candidato do PSL de espalhar mentiras dizendo que, durante os governo do PT, o Ministério da Educação distribuiu o chamado kit gay nas escolas.

“Ele não conhece escola pública, ridícula essa manifestação. Por isso que foge dos debates”, atacou Haddad. “Você acha certo ganhar voto mentindo contra seu oponente? Isso não tem nenhum cabimento.”

Fundação Terra arrecada brinquedos para crianças em Arcoverde

81be9fbffd34fe3108dbdacf2784dad7

A Fundação Terra iniciou uma campanha solidária para arrecadar brinquedos para crianças atendidas na Instituição Social de Padre Airton Freire, em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco. A entrega dos brinquedos será feita nesta próxima sexta-feira (12), data em que se comemora o dia das crianças.

A coordenadora do Setor de Educação da Instituição, Adaivam Lucas, falou sobre a importância da campanha. “Os brinquedos têm uma grande importância na vida de uma criança, pois auxiliam no desenvolvimento cognitivo e motor”, disse.

As doações podem ser entregues no escritório da Fundação Terra, localizado na Rua João de Deus, nº 213, em Recife, ou na sede da Instituição Social, localizada na Rua Alfredo de Souza Padilha, no bairro São Cristóvão, em Arcoverde. Qualquer dúvida por ser solucionada através do site da Fundação. NE10

Se Bolsonaro faltar a debates, emissoras podem escolher entrevistar Haddad

O candidato ao Palácio do Planalto Jair Bolsonaro (PSL) não foi liberado pelos médicos para o 1º debate do 2º turno, marcado para esta 5ª feira  (11.out.2018) na TV Band. O militar deve passar por nova avaliação médica na próxima semana.

Caso apenas 1 candidato compareça ao debate, o programa pode ser transformado em entrevista pelas emissoras. A possibilidade está listada no acórdão nº 19.433, de 25 de junho de 2002, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Eis o trecho que trata do assunto:

“1. Estando comprovado o convite para participar de debate em televisão aos dois únicos candidatos, se apenas um compareceu, em princípio pode o programa realizar-se, sem que fique configurado tratamento privilegiado”.

Segundo a Justiça Eleitoral, é obrigação das emissoras que promovem os debates comprovar o convite ao candidato com 72h de antecedência. Além disso, deve-se ter previamente estabelecido e divulgado o evento em sua grade de programação.

Semana passada, mesmo após receber alta, Bolsonaro não compareceu ao debate da TV Globo. O evento foi o último embate entre os postulantes antes do 1º turno. Os médicos que o atenderam no período em que ele esteve internado no hospital Albert Einstein o aconselharam a não comparecer. No mesmo horário, o militar fez uma transmissão ao vivo pelas redes sociais.

Agenda dos debates

11/12.out.2018 – TV Band às 22h. Após a confirmação da ausência da Jair Bolsonaro, emissora ainda não confirmou se realizará o evento

14.out.2018 – TV Gazeta e Estadão às 19h30.

15.out.2018 – RedeTV às 22h. Haverá transmissão simultânea pela emissora, pelo portal UOL e redes sociais.

17.out.2018 – SBT, ainda não há horário confirmado. A transmissão acontecerá simultaneamente pelo SBT, UOL, Folha de S.Paulo e redes sociais.

21.out.2018 – TV Record, às 22h. Haverá transmissão pela TV e no portal R7.

26.out.2018 – Rede Globo às 21h30. É o último debate destas eleições.

Vou até uma enfermaria para ter debate, diz Haddad a jornais estrangeiros

BBOc5Yb

O candidato do PT á Presidência da República, Fernando Haddad, disse nesta quarta-feira (10) que pode moderar o tom para que o seu adversário, Jair Bolsonaro (PSL), participe dos debates presidenciais deste segundo turno.

“Não existe democracia sem debate. Vou em qualquer ambiente que ele quiser, vou até em uma enfermaria. Prometo moderar o tom, vou falar docemente para ele não se estressar. Não há como se acovardar. Os brasileiros precisam saber a verdade sobre as coisas e a melhor forma é um debate entre os candidatos”, disse Haddad durante entrevista coletiva à imprensa internacional, nesta quarta-feira, 10.

Nesta quarta-feira (10), Bolsonaro recebeu a visita de uma junta médica que não o liberou para participar do debate na TV Bandeirantes, previsto para quinta-feira (11), além de proibir atividades de campanha eleitoral.

MPF investiga Paulo Guedes por suspeita de fraudes com fundos de pensão

BBObWIe

O economista Paulo Guedes, que já foi anunciado pelo presidenciável Jair Bolsonaro (PSL)como seu ministro da Fazenda, caso seja eleito, é investigado pelo Ministério Público Federal por suspeita de fraudes em negócios com fundos de pensão de estatais.

No procedimento instaurado no último dia 2 de outubro, o órgão afirma existirem indícios de associação de Guedes com diretores e gestores de fundos de pensão, ligados ao PT e ao MDB, com o objetivo de cometer “crimes de gestão fraudulenta ou temerária de instituições financeiras e emissão e negociação de títulos sem lastro ou garantias”. A informação é da Folha de S.Paulo.

Ao longo de seis anos, o economista captou ao menos 1 bilhão de reais, de entidades como Previ (Banco do Brasil), Petros (Petrobras), Funcef (Caixa), Postalis (Correios) e BNDESPar, braço de investimentos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Segundo as investigações, os negócios foram feitos pela BR Educacional Gestora de Ativos, que pertence ao economista. Ela lançou dois fundos de investimentos que receberam, das entidades das estatais, 1 bilhão de reais em seis anos. Entre 2009 e 2013, um dos fundos obteve 400 milhões de reais para projetos educacionais. Os investigadores apuram se o negócio foi aprovado sem análise adequada e gerado ganhos excessivos.

Parte do dinheiro das negociações foi injetado na HSM Educacional SA., controlada por Guedes. Ela adquiriu de um grupo argentino 100% das participações em outra empresa, a HSM do Brasil, que buscava lucro na realização de eventos para estudantes e executivos e em palestras. A empresa, porém, apresentou prejuízos, principalmente por causa das remunerações dessas palestras. Na época, o economista fazia conferências promovidas pela HSM. Os investidores tentam rastrear o dinheiro desses eventos para saber quem os recebeu.

A apuração foi instaurada pela força-tarefa da Operação Greenfield, que investiga pagamentos de propina em fundos de pensão. A reportagem tenta contato com o economista.

Médicos barram Bolsonaro em debates e campanha

BBOc0Mk

De acordo com a equipe médica que acompanha o presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, ele não participará de nenhum dos debates do 2º turno que estavam programados para a próxima semana, como os do Estadão/GazetaSBT/Folha e RedeTV/IstoÉ.

O médico cirurgião Antonio Luiz de Macedo, examinou o candidato nesta quarta e informou à imprensa que o candidato do PSL ao Planalto terá alta para atividades públicas de campanha a partir da quinta-feira da próxima semana, dia 18. “Com certeza ele terá condições na semana que vem”, afirmou.

Antes de a equipe médica do presidenciável Jair Bolsonaro desautorizá-lo de participar do debate na Rede Bandeirantes nesta semana (veja a agenda de debates abaixo), a direção de jornalismo da emissora trabalhava com a possibilidade de que o encontro pudesse ocorrer no Rio de Janeiro. No início da semana, a equipe de Bolsonaro acenou com a possibilidade de o debate ocorrer no Rio de Janeiro, caso os médicos do candidato do PSL o proibissem de tomar um avião.

Prefeitura de Carnaíba está construindo mais uma barragem sobre o leito do Rio Pajeú

A Prefeitura de Carnaíba está realizando a construção de mais uma barragem no leito do Rio Pajeú no povoado da Itã com 100 metros de parede, devendo represar numa extensão de 03 quilômetros e beneficiando mais de 100 famílias com água permanente para plantio, gerando renda e oportunidade de emprego para os moradores da área. Estão sendo investidos na obra 120 mil reais com recursos do governo municipal.

IMG-20181010-WA0031

Já foi construída na gestão Anchieta Patriota (PSB) uma barragem sobre o leito do Pajeú na comunidade de Leitão gerando renda para as famílias e estão em construção as barragens de Tamboril e Mata Grande, dando oportunidade de emprego para os carnaibanos.

“É um compromisso do nosso governo fortalecer o homem e a mulher do campo levando ações como estas barragens que estão sendo construídas, dando oportunidade para gerar renda e economia em nosso município”, disse o Prefeito Anchieta Patriota.

IMG-20181010-WA0029

Também na zona rural de Carnaíba a prefeitura está realizando o maior programa de abastecimento d’água com perfuração e instalação de poços em várias localidades, amenizando os efeitos da seca.

“O nosso governo está focado em levar ações como estas barragens para evitar o êxodo rural, onde as famílias terão água em abundância para fazer seus plantios, tendo a oportunidade de vender seus produtos e ganhar dinheiro. Esse é um compromisso do Prefeito Anchieta Patriota com os carnaibanos”, disse o Secretário de Obras, Edval Morato “Fafinha”.

IMG-20181010-WA0030IMG-20181010-WA0032

Partido Novo afirma que não vai apoiar nenhum candidato no 2º turno

1d9c0c9d8a06dde4b59636a75e19565a

O partido Novo informou na manhã desta terça-feira (9), que não deve apoiar ninguém no segundo turno das eleições presidenciais, que serão decididas entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). “O Novo não apoiará nenhum candidato à Presidência, mas somos absolutamente contrários ao PT, que tem ideias e práticas opostas às nossas”, diz nota da legenda enviada à imprensa.

Com pouco mais de 2,7 milhões de votos, o candidato João Amoêdo, líder do partido, ficou em quinto lugar na disputa presidencial, à frente de nomes como Marina Silva (Rede), Henrique Meirelles (MDB) e o senador Alvaro Dias (Podemos).

Amoêdo elogia Paulo Guedes

Nessa segunda-feira (8), em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, Amoêdo chegou a elogiar o economista Paulo Guedes, coordenador econômico da campanha do capitão reformado. “Ele tem algumas ideias que se assemelham ao que defendemos, como mais liberdade econômica e privatização de estatais”, afirmou. “O problema é que essas propostas vêm do assessor econômico. Bolsonaro, como deputado (o candidato está em seu sétimo mandato na Câmara), nunca foi um grande defensor dessas pautas”, disse. NE10

Anchieta Patriota e Frente Popular fazem majoritários em Carnaíba

7904

Paulo Câmara (PSB) foi reeleito governador de Pernambuco nessas eleições deste domingo (07/10). Em Carnaíba, o socialista foi apoiado pelo grupo político do prefeito, Anchieta Patriota (PSB), e liderou a votação município, onde teve 5.169 votos (58,61%).

“Amigos e amigas de Carnaíba, agradeço a todos! Derrotamos 3 ex-prefeitos,6 vereadores com mandato! Vencemos porque conosco está a verdade! Porque conosco se juntam os humildes e com sede de justiça. Vamos persistir na luta, fazendo um mundo mais justo e humano. Um grande abraço!”, disse o prefeito, Anchieta Patriota, em nota.

Além de Paulo Câmara, os demais candidatos do chefe do poder executivo foram majoritários em Carnaíba. O deputado federal do gestor, Danilo Cabral (PSB), que concorreu à reeleição, teve 4.337 votos, o equivale a 44,48% dos votos válidos.

Já Lucas Ramos (PSB), que também disputou reeleição para Alepe e foi apoiado pela primeira vez na terra de Zédantas por Anchieta, obteve 3.970 (41,44%).

O senador, Humberto Costa (PT), que foi reeleito conquistou 5.438 votos (34,39%), e o deputado federal (MDB), que foi eleito senador teve 4.535 votos (28,68%), enquanto o candidato a presidente, Haddab (PT), teve 8.160 votos (80,92%).

Do Blog de Aryel

Eleição presidencial no Brasil nunca teve virada no 2º turno

0fa605d5cf1e969076c23444fac9fa1d (1)

Desde 1989, quando houve a redemocratização, nenhum candidato que ficou em segundo lugar na disputa do primeiro turno conseguiu reverter a situação e ser eleito presidente. Assim, o Partido dos Trabalhadores (PT) precisa de uma virada inédita na história da política brasileira para derrotar o candidato Jair Bolsonaro (PSL).

Com 99% das urnas apuradas, Fernando Haddad (PT) foi o segundo candidato mais votado e vai disputar o segundo turno com Bolsonaro. Haddad obteve 31,3 milhões de votos, o equivalente a 29,28% dos votos válidos. Bolsonaro, por sua vez, recebeu 49 milhões de votos, o equivalente a 46% dos votos válidos.

Haddad precisa, então, tirar uma vantagem que no primeiro turno foi de, pelo menos, 17,31% do votos válidos, algo em torno de 18 milhões de votos.

Seis segundos turnos desde 1989

Desde o fim da ditadura militar, o Brasil teve um total de oito eleições presidenciais. Dessas, seis foram para o segundo turno (1989, 2002, 2006, 2010, 2014 e 2018).

Nesse período, o candidato que ficou mais perto de virar a disputa foi o ex-senador e deputado federal eleito por Minas Gerais Aécio Neves (PSDB).

Em 2014, ele chegou ao segundo turno com 33,5% dos votos válidos, enquanto Dilma Rousseff (PT) tinha obtido 41,59% –neste ano, ela não conseguiu se eleger senadora por Minas Gerais, perdendo para Rodrigo Pacheco (DEM) e Carlos Viana (PHS).

No segundo turno, depois de obter o apoio de Marina Silva, então no PSB, Aécio obteve 48,36% dos votos válidos, contra 51,64% de Dilma, uma diferença de pouco mais de 3% dos votos válidos.NE10

Acidente deixa duas pessoas mortas e outras feridas na PE-320 em Flores

Um grave acidente deixou duas pessoas mortas e outras feridas na manhã desta 2ª feira (08) na PE-320 próximo a Flores. Morreram no local Edvaldo Louredo Alves da cidade de Tabira e Romero Nunes de Moraes de Triunfo. O acidente aconteceu quando um Polo tentou desviar de uma moto que vinha de Serra Talhada para Flores e houve o choque com um Fiat e um Gol.

Além das duas mortes registradas no local os feridos foram atendidos no Hospital de Flores e em seguida transferidos para Serra Talhada.

959ee098-9b15-45f3-b93b-17b8ddcf37e3 (1) f605a426-614f-48bc-a519-2e530a06f7c5 (1)

Bolsonaro e Haddad disputam segundo turno para Presidente

O deputado federal Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência da República, e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, do PT, vão disputar o cargo de presidente no próximo dia 28 de outubro, data do segundo turno das eleições 2018.

O resultado de segundo turno foi confirmado pouco depois das 20h50, quando 96% das urnas já tinham sido apuradas.

Bolsonaro tinha 47,9 milhões de votos, ou 46,6% dos votos válidos. Para ser eleito em primeiro turno, um candidato precisa ter 50% dos votos válidos mais um, o que não pode acontecer nesta eleição.

No mesmo horário, Haddad aparecia com 29,2 milhões de votos, ou 28,43% do total.

Estreantes na disputa ao Palácio do Planalto, Bolsonaro e Haddad deixaram para trás experientes políticos brasileiros, como o ex-governador do Ceará Ciro Gomes, do PDT, que já disputou três eleições presidenciais: 1998, 2002 e 2018.

Geraldo Alckmin, do PSDB, político que por mais tempo governou o Estado de São Paulo (12 anos no total), fracassou em sua segunda corrida presidencial.

A ex-ministra e ex-senadora Marina Silva, que disputa sua terceira eleição presidencial consecutiva pelo terceiro partido diferente, dessa vez pela Rede, também ficou pelo caminho.

Paulo Câmara é eleito no primeiro turno em Pernambuco

ab

Seguido de Julio Lossio (Rede), 4,67%, e do ex-deputado Maurício Rands (PROS), 3,45%; e Simone Fontana (PSTU), 0,24%. Os votos brancos somam 6,56% e os nulos 23,02%. Abstenções 17,90%. Câmara assume o governo para um novo mandato de quatro anos.

Antes de ser governador, Câmara, que é formado em ciências econômicas, foi secretário de Administração do governo Campos entre 2007 e 2010. No mesmo ano, passou a responder pela Secretaria de Turismo e, em janeiro de 2011, assumiu o cargo de secretário da Fazenda até 2014. Com 9.496.294 habitantes, segundo o Censo 2018, Pernambuco tem uma economia diversificada, com destaque para o setor de serviços, responsável por 76,1% do PIB estadual, seguido pela indústria (20%) e agropecuária (3,9%). O estado tem 6.570.072 eleitores distribuído entre 184 municípios e o distrito de Fernando de Noronha.

Apoio a Haddad

Em seu primeiro discurso como governador reeleito de Pernambuco, Paulo Câmara resumiu o resultado da eleição local a agradecimentos e promessas de retomar o crescimento do emprego no Estado, e conclamou a militância e os eleitores a trabalharem em prol do segundo turno presidencial. Câmara disse que “estava a disposição para a construção do Brasil”.

“O País precisa ser discutido porque tem muita coisa para consertar. Vamos ajudar (Fernando) Haddad a fazer o Brasil ser feliz de novo. A resistência começa em Pernambuco”, declarou.

Eleita vice-governadora, a presidente nacional do PCdoB, Luciana Santos, disse que “é preciso construir uma frente antifascista” em torno de Haddad. A estratégia, segundo ela, para reverter o placar de 46,09% de Jair Bolsonaro (PSL) contra 29,19% do petista será vincular o deputado à imagem do presidente Michel Temer (MDB).

“Ele se apresenta como um candidato da antipolítica, mas viveu a vida toda como deputado, e um deputado oportunista. Bolsonaro votou a favor de todas as medidas de Temer”, disse. Com a vitória, o PSB deve completar 16 anos de governo ininterruptos. “Temos a honra de continuar o legado de Eduardo Campos e é o que vamos continuar fazendo nos próximos quatro anos”, disse Câmara.

O governador acompanhou a apuração dos votos em um hotel na zona sul do Recife acompanhado dos senadores eleitos Jarbas Vasconcelos (MDB) e Humberto Costa (PT), do filho mais velho do ex-governador Eduardo Campos, João Campos, que foi eleito o deputado federal mais votado do Estado, e sua mãe Renata Campos.

Senado

Com 99,37% das urnas apuradas, os candidatos Humberto Costa (PT) e Jarbas Vasconcelos (MDB), ambos da Frente Popular, encabeçada pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), estão tecnicamente eleitos para o Senado, com 25,70% e 21,50%%, respectivamente. Eles terão oito anos de mandato a partir do ano que vem.

Os dois eleitos deixaram para trás os candidatos, deputados federais Mendonça Filho (DEM), com 19,58%, Bruno Araújo (PSDB), com 13,96%, e Silvio Costa (Avante), com 10,17%.

Fonte: Estadão

Delegada Gleide Ângelo entra na história como a deputada mais votada em PE

AAA

Os pernambucanos elegeram, neste domingo (7), seus 49 representantes para a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) no quadriênio de 2019 a 2022. A delegada Gleide Angelo (PSB) foi a grande surpresa do pleito, sendo a

Deputados Estaduais

1- Gleide Angelo (PSB)

2- Pastor Cleiton Collins (PP)

3- Guilherme Uchoa (PSC)

4- Doriel Barros (PT)

5- Rodrigo Novaes (PSD)

6- Clodoaldo Magalhães (PSB)

7- Aglailson Victor (PSB)

8- Lucas Ramos (PSB)

9- Adalto Santos (PSB)

10- Simone Santana (PSB)

11- Joaquim Lira (PSD)

12- Manoel Ferreira (PSC)

13- Clarissa Tércio (PSC)

14- Francismar (PSB)

15- Diogo Moraes (PSB)

16- Gustavo Gouveia (DEM)

17- Tony Gel (MDB)

18- William Brigido (PRB)

19- Joel da Harpa (PP)

20- Claudiano Filho (PP)

21- Priscila Krause (DEM)

22- Alessandra Vieira (PSDB)

23- Antônio Coelho (DEM)

24- Alberto Feitosa (SD)

25- Fabíola Cabral (PP)

26- Rogério Leão (PR)

27- Juntas (PSOL)

28- Waldemar Borges (PSB)

29- Álvaro Porto (PTB)

30- Clovis Paiva (PP)

31- Antonio Moraes (PP)

32- Eriberto Medeiros (PP)

33- Henrique Queiroz Filho (PR)

34- Isaltino (PSB)

35- Romero Sales Filho (PTB)

36 – Zé Queiroz (PDT)

37- Teresa Leitão (PT)

38- João Paulo (PCdoB)

39- Romero (PP)

40- Delegado Lessa (PP)

41- Roberta Arraes (PP)

42- Antônio Fernando (PSC)

43- Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB)

44- Romário Dias (PSD)

45- Wanderson Florêncio (PSC)

46- João Paulo Costa (Avante)

47- Aluisio Lessa (PSB)

48-  Dulcicleide Amorim (PT)

49 -Fabrizio Ferraz (PHS)

João Campos é eleito com mais de 400 mil votos

297269,930,80

Pernambuco elegeu neste domingo (7) os representantes do estado na Câmara dos Deputados. Ao todo 25 postulantes foram eleitos para o quadriênio de 2019 à 2022, sendo João Campos (PSB), filho do ex-governador Eduardo Campos (PSB), o mais votado na história de Pernambuco. João superou sua avó, Ana Arraes, que obtinha a marca de 384 mil voto. Agora o socialista conta com mais de 400 mil voto. Confira abaixo os eleitos.

Deputados Federais 

João Campos (PSB)

Marília Arraes (PT)

André Ferreira (PSC)

Felipe Carreiras (PSB)

Luciano Bivar (PSL)

Pastor Eurico (PATRI)

Sebastião Oliveira (PR)

Eduardo da Fonte (PP)

Andre de Paula (PSD)

Silvio Costa Filho (PRB)

Daniel Coelho (PPS)

Raul Henry (MDB)

Túlio Gadêlha (PDT)

Danilo Cabral (PSB)

Fernando Monteiro (PP)

Wolney Queiroz (PDT)

Augusto Coutinho (SD)

Ricardo Teobaldo (PODE)

Fernando Filho (DEM)

Gonzaga Patriota (PSB)

Carlos Veras (PT)

Bispo Ossesio (PRB)

Renildo Calheiros (PCdoB)

Tadeu Alencar (PSB)

Fernando Rodolfo (PHS)

Datafolha – Pernambuco, votos válidos: Paulo Câmara, 52%; Armando Monteiro, 35%

pesquisa-pes

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (6) aponta os seguintes percentuais de voto para o governo de Pernambuco. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Votos Válidos

Paulo Câmara (PSB): 52%

Armando Monteiro (PTB): 35%

Dani Portela (PSOL): 4%

Julio Lossio (Rede): 3%

Maurício Rands (Pros): 3%

Ana Patrícia Alves (PCO): 1%

Simone Fontana (PSTU): 1%

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Votos Totais

Veja, abaixo, o resultado da pesquisa Ibope considerando os votos totais.

Paulo Câmara (PSB): 42%

Armando Monteiro (PTB): 28

Dani Portela (PSOL): 4%

Julio Lossio (Rede): 3%

Maurício Rands (Pros): 3%

Ana Patrícia Alves (PCO): 1%

Simone Fontana (PSTU): 1%

Branco/nulo/nenhum: 14%

Não sabe: 4%

A candidata Ana Patrícia Alves anunciou, na terça-feira (2), que retirou a candidatura ao governo de Pernambuco.

Simulações de segundo turno (votos totais)

Paulo Câmara 48% x 37% Armando Monteiro (PTB) – (branco/nulo: 14%; não sabe: 2%)

Pesquisas Ibope e Datafolha apontam 2º turno entre Bolsonaro e Haddad

ef7eb2c58874f07776b7313bc3c2c730

Se as pesquisas de intenção de voto divulgadas pelo Ibope Datafolha, neste sábado (6), na véspera das eleições para presidente da República, estiverem certas, os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) disputarão o segundo turno no dia 28 de outubro.

Segundo o Ibope, Bolsonaro tem 41% dos votos válidos, enquanto Fernando Haddad, do PT, aparece em segundo lugar, com 25%. Ciro Gomes, do PDT, aparece com 13%, enquanto Geraldo Alckmin, do PSDB, tem 8%.

Já o levantamento do Datafolha mostra o presidenciável Jair Bolsonaro despontando com 40% dos votos válidos, seguido de Fernando Haddad, que possui 25% da preferência do eleitorado. Seguem os primeiros colocados Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB), com 15% e 8% das intenções de voto, respectivamente. Os demais candidatos não ultrapassam 3% dos votos válidos, obtidos após a exclusão dos brancos, nulos e indecisos da amostra.

Simulações de segundo turno Ibope

Bolsonaro 45% x 41% Haddad (branco/nulo 12%; não sabe 3%)

Ciro 45% x 41% Bolsonaro (branco/nulo 11%; não sabe 2%)

Alckmin 40% x 43% Bolsonaro (branco/nulo 14%; não sabe 3%)

Bolsonaro 46% x 36% Marina (branco/nulo 15%; não sabe 3%)

Simulações de segundo turno Datafolha

Bolsonaro 45% x 43% Haddad (branco/nulo: 10%; não sabe: 2%)

Ciro 47% x 43% Bolsonaro (branco/nulo: 8%; não sabe: 2%)

Bolsonaro 43% x 41% Alckmin (branco/nulo: 13%; não sabe: 2%)

Alckmin 41% x 38% Haddad (branco/nulo: 18%; não sabe: 2%).

Ministério Público de Carnaíba arquiva representação do Vereador Gleybson Martins sobre acúmulo de cargos da Secretária Lourdes Leite

article

O Ministério Público de Carnaíba julgou improcedente a ação impetrada pelo Vereador Gleybson Martins (PDT), onde alegava que a Secretária de Administração Maria de Lourdes Leite Santos estaria acumulando também o cargo de Secretária de Educação com remuneração indevida, onde solicitou que fossem feitas as intervenções cabíveis.

Para o representante, referida acumulação afrontaria o art. 37, XVI CRFB/88.

Em resposta a representação do Vereador Gleybson Martins o Ministério Público entende que é cabível o arquivamento desta notícia de fato, pelos fundamentos a seguir:

Em primeiro lugar, não há que se falar em violações ao art. 37 da nossa Lei Maior.

Estabelece o art. 37 da Constituição da República Federativa do Brasil, em seu inciso XVI, dispõe:

XVI – É vedada a acumulação remunerada de cargos públicos, exceto, quando houver compatibilidade de horários, observado em qualquer caso o disposto no inciso XI:

a)      a de dois cargos de professor

b)      de um cargo de professor com outro técnico ou científico

c)      a de dois cargos ou empregos privativos de profissionais de saúde, com profissões regulamentadas.

Outro aspecto relevante a ser destacado é o fato de que mesmo nas hipóteses constitucionais de acumulação remunerada o inciso XVI elenca um outro requisito, qual seja “compatibilidade de horários”. Isso significa que não basta a permissão legal, deve haver uma permissão fática, no sentido de que a acumulação não atrapalhará o bom andamento do serviço público.

Desde logo, inexistem também irregularidades no subsídio apontado. Foram remetidos para nossa análise todos os contracheques da prefeitura de Carnaíba, verificou-se que as informações estão corretas, inclusive analisamos vários contracheques dos secretários apontados na notícia de fato.

“Nas palavras da Senhora Secretária, em audiência nesta Promotoria de Justiça, o que pode ter acontecido foi uma falha do setor de recursos humanos que gerencia o Portal da Transparência”.

Permite-se a acumulação de cargos, funções ou empregos do serviço público com uma única condição: que o servidor não perceba mais de uma remuneração. No caso em análise, não foi verificado nenhuma irregularidade quanto a remuneração percebida pela Senhora Maria de Lurdes Leite Santos.

Desta forma o Promotor de Justiça de Carnaíba, Ariano Tércio Silva de Aguiar promoveu o arquivamento da presente notícia de fato com fundamento no art. 4º da Resolução 174/2017.

DataPoder360: Bolsonaro tem 30%, Haddad 25% e Ciro 15%

montagem-candidatos-presidencia

Além da pesquisa Datafolha, foi divulgado nesta quinta-feira (4) outro levantamento: do DataPoder360. Os resultados foram bem diferentes. Pelo DataPoder, Jair Bolsonaro (PSL) lidera com 30% das intenções de voto. No entanto, Fernando Haddad (PT), em segundo, aparece com 25%, o que mostra uma diferença bem menor entre ambos, pois o Datafolha aponta 35% a 22%. Ciro surge em terceiro, com 15%.

Ambas empresas realizam pesquisas utilizando métodos diferentes. O Datafolha usa o ponto de fluxo. Por esta metodologia, os entrevistadores se colocam em pontos públicos de maior fluxo de pessoas nas cidades determinadas e selecionam os entrevistados. Isso pode provocar acúmulo de pessoas em torno dos entrevistadores. Essa situação pode ocasionar mudanças nas escolhas, até mesmo por vergonha dos outros.

O DataPoder360 realiza entrevistas por telefone – ligações para números celulares e fixos. Cada número de telefone é associado a um CEP, e o código postal de registro dá a localização do proprietário do telefone. É a partir desse dado que se faz o cruzamento para a estratificação do entrevistado, com base nas informações que ele também fornece na entrevista. O pesquisado usa as teclas para determinar suas escolhas. Assim, sente-se potencialmente mais protegido e menos vulnerável à influência de outras pessoas.

Prefeitura de Carnaíba oferece cursos de arranjos florais e bonecas decorativas

predio-prefeitura-de-Carnaiba

Já estão abertas as inscrições para os Cursos de Arranjos Florais e Bonecas Decorativas, que serão oferecidos pela Prefeitura Municipal de Carnaíba, através da Diretoria da Mulher,

O curso é profissionalizante e no final, todos os participantes receberão certificados comprovando a participação no curso, foi o que informou a nossa redação a diretora da mulher, Edjanilda Melo, também disse que o mesmo terá início no próximo dia 16 de outubro, e as aulas serão realizadas nos turnos da manhã, tarde e noite.

Para fazer a inscrição e ficar por dentro de todas informações é só comparecer na Diretoria da Mulher, que fica localizada na Rua Professora Maria Avanir, Nº 154, nas proximidades da Câmara de Vereadores da cidade.

Do blog de Ivonaldo Filho

Paulo cresce e chega a 39% na pesquisa JC/Ibope/TV Globo; Armando mantém 27%

5197ac9951bf6d4fceb3fec2600418b4

O governador Paulo Câmara (PSB), candidato à reeleição, subiu quatro pontos percentuais e chegou a 39% das intenções de voto (eram 35% na semana passada) na pesquisa realizada pelo Ibope, em parceria com o Jornal do Commercio e a TV Globo, divulgada nesta terça-feira (2). O crescimento foi acima da margem de erro, que é de três pontos percentuais, e o socialista ampliou a vantagem em relação ao senador Armando Monteiro Neto (PTB), seu principal adversário, para 12 pontos percentuais. O petebista manteve os mesmos 27% que tinha no levantamento anterior, divulgado no dia 27 de setembro.

Julio Lossio (Rede) manteve 3%. Maurício Rands (Pros) oscilou de 2% para 3%. Dani Portela (PSOL) foi de 1% para 2%.

Ana Patrícia Alves (PCO) e Simone Fontana (PSTU) permaneceram com 1% das intenções de voto.

Brancos e nulos caíram de 23% para 15%. Os que não sabem ou não responderam oscilaram de 7% para 8%.

2º turno

Em um eventual segundo turno, Paulo Câmara manteve 43% e Armando Monteiro, 34%. Brancos e nulos oscilaram de 18% para 17% e os que não sabem ou não responderam se mantiveram em 6%.

Rejeição

A rejeição a Paulo Câmara, como candidato, foi de 32% para 34%. Os que afirmaram não votar em Armando Monteiro de jeito nenhum eram 29% e oscilaram para 30%.

Dani Portela tinha rejeição de 22% e agora de 21%. Os que responderam que não votariam em Lossio passaram de 25% para 20%.

A rejeição a Ana Patrícia e a Simone Fontana caiu de 22% para 18%. A Rands, de 21% para 17%.

Os que afirmaram que votariam em todos os candidatos se mantiveram em 4%. A soma dos que não sabem ou não responderam oscilou de 15% para 16%.

Comerciantes são assaltados na feira do gado em Serra Talhada

Alguns comerciantes foram assaltados nessa segunda-feira (1º) na Feira do Gado de Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco. A feira fica localizada no Parque de Exposição, às margens da BR-232. Ao todo, foram levados mais de R$ 15 mil em dinheiro, celulares, entre outros pertences. Os criminosos fugiram.

Confira as informações com Orlando Santos, da TV Jornal Interior:

Datafolha: Bolsonaro vai a 32% e Haddad tem 21%

BBNQYIa

Jair Bolsonaro (PSL) tem 32% das intenções de voto, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (02).

Ele subiu quatro pontos percentuais em relação ao levantamento divulgado na última sexta-feira (28). A margem de erro é de dois pontos para cima ou para baixo.

Fernando Haddad (PT) caiu de 22% para 21% no mesmo período. Foram ouvidos 3.240 eleitores em 225 municípios nesta terça.

Os resultados confirmam o movimento de crescimento de Bolsonaro e estagnação de Haddad verificado na pesquisa Ibope divulgada ontem.

Ciro Gomes (PDT) manteve os 11% de intenção de voto e está tecnicamente empatado com Geraldo Alckmin, que foi de 10% para 9%. Marina Silva (Rede) caiu de 5% para 4%.

João Amoedo (Novo) segue com 3% enquanto Henrique Meirelles (MDB) e Álvaro Dias (Podemos) mantiveram o patamar de 2% das intenções de voto cada um.

Segundo turno

A simulação de um eventual segundo turno mostra os líderes empatados dentro da margem de erro, mas com movimento inverso: Bolsonaro foi de 39% para 44% enquanto Haddad foi de 45% para 42%.

Veja as simulações:

Bolsonaro 44% X 42% Haddad (brancos e nulos: 12%)

Ciro 46% X 42% Bolsonaro (brancos e nulos: 10%)

Ciro 42% X 37% Alckmin (brancos e nulos: 19%)

Ciro 46% X 32% Haddad (brancos e nulos: 20%)

Alckmin 43% x 41% Bolsonaro (brancos e nulos: 14%)

Alckmin 43% x 36% Haddad (brancos e nulos: 19%)

E veja a evolução das taxas de rejeição desde a última pesquisa:

Aqui, os eleitores apontam em quem não votam de jeito nenhum e podem indicar mais de um nome; por isso, a soma das taxas pode superar 100%.

Jair Bolsonaro: de 46% para 45%

Fernando Haddad: de 32% para 41%

Marina Silva: de 28% para 30%

Geraldo Alckmin: segue em 24%

Ciro Gomes: de 21% para 22%

Seis crianças são encontradas sozinhas dentro de casa em Sertânia

f872748f63b900cd7a9fbb3c5624a74f

Seis crianças foram encontradas sozinhas dentro do quarto de uma residência no centro de Sertânia, no Sertão de Pernambuco, nessa segunda-feira (1º).

De acordo com a Polícia Militar, algumas das crianças estavam chorando quando foram achadas pelos policiais e pelo Conselho Tutelar. Elas informaram que os pais tinham saído.

Após buscas, a polícia conseguiu encontrar os pais dos pequenos. O casal afirmou que estava de mudança e tinha deixado as crianças sozinhas para buscar pertences. O caso será acompanhado pela polícia e pelo Conselho Tutelar.

RealTime Big Data: Bolsonaro tem 29%; Haddad, 24% e Ciro, 11%

162e64f27cf98f93459dcfa605066fa5

A menos de uma semana da eleição, pesquisa RealTime Big Data/RecordTV de intenção de voto para presidente da República mostra um possível segundo turno entre os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). No levantamento, divulgado nesta segunda-feira (1º), os candidatos aparecem com 29% e 24%, respectivamente.

Confira os números:

• Jair Bolsonaro (PSL): 29%
• Fernando Haddad (PT): 24%
• Ciro Gomes (PDT): 11%
• Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
• Marina Silva (REDE): 5%
• João Amoêdo (NOVO): 3%
• Henrique Meirelles (MDB): 3%
• Álvaro Dias (PODE): 2%

Os candidatos Cabo Daciolo (PATRI), Eymael (DC), João Goularf Filho (PPL) e Vera Lúcia (PSTU) tiveram juntos 1% das intenções de voto. Guilherme Boulos (PSOL) não pontuou. Votos brancos e nulos representam 8%; indecisos, 7%.

Pesquisa Ibope para presidente: Bolsonaro, 31%; Haddad, 21%; Ciro, 11%

O Ibope divulgou nesta segunda-feira (1º) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 3.010 eleitores entre sábado (29) e domingo (30).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 31%

Fernando Haddad (PT): 21%

Ciro Gomes (PDT): 11%

Geraldo Alckmin (PSDB): 8%

Marina Silva (Rede): 4%

João Amoêdo (Novo): 3%

Alvaro Dias (Podemos): 2%

Henrique Meirelles (MDB): 2%

Cabo Daciolo (Patriota): 1%

Guilherme Boulos (PSOL): 0%

Vera Lúcia (PSTU): 0%

Eymael (DC): 0%

João Goulart Filho (PPL): -

Branco/nulos: 12%

Não sabe/não respondeu: 5%

Pesquisa BTG Pactual: Bolsonaro tem 35% dos votos válidos; Haddad tem 27%

BBNGE7H

Levantamento encomendado pelo banco BTG Pactual à FSB Pesquisa mostra que Jair Bolsonaro, candidato ao Planalto do PSL, tem 35% dos votos válidos. Fernando Haddad (PT) aparece com 27%.

A empresa entrevistou por telefone 2.000 eleitores nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 p.p. e o intervalo de confiança é de 95%. O levantamento (íntegra) foi realizado nos dias 29 e 30 de setembro de 2018. O registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é BR-05879/2018.

PESQUISA ESTIMULADA

Jair Bolsonaro é líder com 31% das intenções de voto. Em 2º lugar está Fernando Haddad com 24%. Ambos oscilaram dentro da margem de erro em relação a última pesquisa, divulgada em 24 de setembro.

Em 3º aparecem empatados tecnicamente os candidatos Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT), com 11% e 9%, respectivamente.